Fortaleza, a capital do Ceará, é um dos melhores e mais procurados destinos do Nordeste brasileiro. Cobiçada pelos amantes de praia, vida noturna agitada, boa gastronomia, história e claro, por quem não abre mão dos tradicionais passeios durante suas viagens.  

A cidade – Multicultural, surpreende por sua diversidade de “coisas para fazer” e lugares para se visitar. E não é preciso gastar muito para isso: praças, museus, centro histórico, praias, parque ecológico, feiras ao ar livre, centros de artesanato e calçadões para boas caminhadas ao fim da tarde, são só alguns dos muitos atrativos que você poderá curtir por aqui sem precisar desembolsar nada.  

Calçadão da Beira Mar.
Calçadão da Beira Mar – Fortaleza – CE. Foto: Ministério do Turismo
Feirinha da Beira Mar de Fortaleza
Feirinha da Beira Mar – Fortaleza. Foto: Ministério do Turismo

Para os que adoram descobrir e explorar outros destinos, os passeios de “bate e volta” levarão você a conhecer lugares paradisíacos como Jericoacoara, Lagoinha, Canoa Quebrada, Flecheiras, Mundaú, Praia do Cumbuco e muitos outros.

Na Praia de Iracema, tradicional bairro boêmio da capital, bares e restaurantes garantem a agitação depois que o sol se põe, com espaço também para divertidos shows de humor e incríveis espetáculos musicais que contam a história do Ceará.

Se você já escolheu Fortaleza como próximo destino para suas férias, então já sabe que a diversão está garantida.

Agora se você ainda tem dúvidas e quer saber tudo o que essa cidade maravilhosa reserva para você, continue a leitura e descubra 10 passeios imperdíveis que com certeza irão convencer você a escolher Fortaleza como seu próximo destino.

1. Jericoacoara – O paraíso do litoral cearense

Monumento da Pedra Furada - Jericoacoara
Pedra Furada – Jericoacoara. Foto: Ministério do Turismo

Há quem diga que vir ao Ceará e não visitar Jericoacoara é como ir ao Rio e não visitar o Cristo Redentor. Isso porque Jeri, como é carinhosamente chamada, é simplesmente um verdadeiro paraíso na terra, tendo sido inclusive, eleita em 2014, como a quarta melhor praia do mundo pelo jornal americano Huffington Post.

“Descoberta” ainda na década de 70, entre gigantes dunas e um mar de águas quentes e tranquilas, a pequena Vila de Pescadores conquistou o mundo com seus cartões postais exuberantes como a Pedra Furada, Duna Pôr do Sol, Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso.

Lagoa Azul - Jericoacoara.
Lagoa Azul – Jericoacoara. Foto: Ministério do Turismo

Seu clima super aconchegante transmite aos visitantes uma sensação de tranquilidade difícil até de descrever. Uma perfeita união entre natureza e bem estar.

Para além do descanso, os passeios pelo Litoral Leste e Oeste de Jericoacoara são obrigatórios para quem chega por aqui. É neles que você descobrirá os principais atrativos do local, podendo ser realizados de buggy, quadriciclo e nas tradicionais jardineiras compartilhadas.

2. Guaramiranga – A Suíça cearense

Trilhas de Guaramiranga.
Trilhas de Guaramiranga. Foto: Alexandre Paixão

Que o calor nunca “arreda” o pé do litoral cearense, isso nós já sabemos. E lógico, esse é um dos principais motivadores para quem visita Fortaleza e o Ceará. Mas engana-se quem pensa que as opções por aqui estão limitadas apenas ao  “sol e praia”.

Localizada a cerca de 104 km de Fortaleza, na região do Maciço do Baturité, está Guaramiranga, uma charmosa cidade da região serrana com clima super aconchegante e muita coisa para explorar.  

Com temperaturas que variam entre  14ºC e 25ºC, podendo chegar a 12ºC em julho, a cidade é perfeita para você que está fugindo dos agitados destinos litorâneos e busca por sossego e tranquilidade.

Por aqui a natureza está por todos os lados, o que tornou Guaramiranga um dos melhores destinos para os praticantes do ecoturismo no estado. Entre as opções destacam-se as trilhas pela floresta, que findam em deliciosas cachoeiras de águas cristalinas, caiaque, rapel e até passeios para observação de pássaros – são mais de 180 espécies na região.

Um dos destaques da cidade é o Mirante do Pico Alto, a 13 km do centro de Guaramiranga, com 1.115 metros de altitude; o segundo mais alto do Ceará e terceiro do Nordeste; além do Mosteiro dos Jesuítas e as fazendas de café da época do Brasil colonial.

WhatsApp Image 2019 03 07 at 6.19.34 PM 1024x575 - 10 passeios imperdíveis para suas férias em Fortaleza
Guaramiranga – CE. Foto: Alexandre Paixão.

Combinando charme e boa estrutura turística, a cidade não deixa a desejar no quesito qualidade dos serviços. Por aqui você encontrará bons restaurantes, bares e pousadas para sua estadia. Não deixe de visitar!

3. Beach Park – Alegria e Diversão

DSC 4638 1024x683 1024x683 - 10 passeios imperdíveis para suas férias em Fortaleza
Beach Park em Aquiraz Ceará. Foto: SETUR Aquiraz

Localizado em Aquiraz, distante apenas 35 km de Fortaleza, o Beach Park é programa imperdível para toda a família, afinal, não faltam opções de lazer e entretenimento para preencher todo o seu dia.

O complexo turístico, considerado um dos maiores do Brasil, conta com 4 hotéis, diversas barracas de praias, lounges especiais, bares e restaurantes com o melhor da gastronomia local e internacional e claro, muitos brinquedos no 2º melhor parque aquático do mundo, segundo o TripAdvisor.  

São 18 atrações divididas em três categorias: para toda família, as moderadas e as radicais, como o insano, um toboágua com 41 metros de queda livre que vai fazer você se arrepiar.

Seja viajando com a família ou com os amigos, essa é uma visita obrigatória para você curtir um dia inteiro de muita diversão.

4. Mercado Central de Fortaleza

Mercado Central de Fortaleza
Mercado Central de Fortaleza. Foto: Ministério do Turismo

Parte da cultura do povo cearense é retratada em seu artesanato. Seja na renda produzida no Centro das Rendeiras em Aquiraz; Nos artigos de couro produzidos por Espedito Seleiro em Nova Olinda ou no Artesanato de garrafinha produzido em Morro Branco.

Tudo isso está reunido no Mercado Central de Fortaleza, o maior mercado público da cidade. Construído em 1809, o local reúne mais de 500 lojas onde você poderá adquirir além do artesanato, produtos típicos da cultura nordestina como redes, tricô, artigos de couro e cerâmica, cachaça,  castanhas e o que mais você imaginar.

Nos quatro andares que dividem os espaços, há também boas opções de restaurantes com iguarias tradicionais da culinária local como a tapioca, o cuscuz, carne de sol e pratos feitos a base dos melhores frutos do mar.

Corredores do Mercado Central de Fortaleza
Mercado Central de Fortaleza. Foto: Ministério do Turismo

O melhor horário para visitação é no período da manhã, quando o Mercado está sempre cheio de turistas e residentes. Depois das compras, aproveite para conhecer outros dois atrativos que fazem parte da história da cidade: A Praça dos Mártires, a primeira praça da cidade, e o Forte Nossa Senhora Assunção, o forte que deu origem a capital cearense.

Ambos os atrativos estão localizados em frente ao Mercado Central, basta atravessar a rua.  

5. Itarema – Ilha do Guajirú

Itarema é uma pequena cidade, localizada a cerca de 210 km de Fortaleza e 83 km de Jericoacoara, onde você encontrará sol brilhando o ano todo e sete maravilhosas praias, a maioria delas ainda primitivas, perfeitas para você descansar.

Um dos destaques da cidade fica por conta da Ilha do Guajirú, um verdadeiro paraíso tropical considerado como um dos melhores lugares do mundo para a prática do kitesurfing.

A pequena península, ligada ao oceano por uma faixa de areia e uma lagoa de água salgada, que muda com a maré, apresenta um  cenário realmente impressionante com barcos e jangadas que desfilam no mar de águas tranquilas e em tons de verde, margeado por árvores e imensos coqueirais,  além de dunas com areia fininha e vasto manguezal.

O Cenário é realmente encantador, podendo facilmente ser comparado com os destinos caribenhos.

6. Parque Ecológico do Rio Cocó

Arvorismo no Parque do Cocó.
Arvorismo no Parque do Cocó. Foto: Governo do Estado do Ceará

Embora não faça parte dos roteiros turísticos de Fortaleza, o Parque Estadual do Cocó é uma excelente opção para você aproveitar durante suas férias.

Com área total de 1.571 hectares, o parque é o quarto maior da América Latina, passando por 15 bairros da capital, Fortaleza.

Em meio a prédios e toda modernidade da cidade, no espaço chamado Adahil Barreto, você encontrará um anfiteatro, onde são oferecidas diversas atrações culturais, quadras de esporte, playground, pista de Cooper, ciclofaixa e acesso para trilhas dentro do parque.  

A programação é sempre intensa: nos finais de semana, o evento “Viva o Parque” disponibiliza aos visitantes desde aulas de ioga, ginástica, zumba, aeróbica, dança de salão, slackline, trilha interpretativa, oficinas de plantio de árvores, muro de escalada e o arvorismo. Tudo de graça!

Mas se a ideia for descansar e curtir com a família, os tradicionais piqueniques são a melhor opção para aproveitar o dia por aqui.   

O acesso ao parque fica localizado na Avenida Engenheiro Santana Júnior com Avenida Padre Antônio Tomás, importantes ruas da cidade e de fácil localização.

7. Theatro José de Alencar

40209526475 d7c66fc4c2 k 1024x576 - 10 passeios imperdíveis para suas férias em Fortaleza
Theatro José de Alencar. Foto: Ministério do Turismo

Referência artística e cultural nacional, o Theatro José de Alencar é um dos principais símbolos de Fortaleza, considerado Patrimônio Histórico e Artístico e Cultural da cidade.

Sua estrutura é tão grandiosa quanto os espetáculos apresentados aqui: uma das fachadas em estilo eclético, com predominância do neoclássico, e a outra, art-nouveau, com destaques para os vitrais coloridos.

A construção do teatro iniciou-se em 1908, quando a estrutura metálica importada da Escócia foi apresentada em praça pública, tendo sua inauguração realizada em 1910, com direito a show pirotécnico e apresentações culturais.  

Atualmente, a sala maior de espetáculos conta com espaço para 800 pessoas divididos em três andares, com decoração espetacular. O auditório tem capacidade para 120 pessoas, onde também acontecem as peças que pedem uma iluminação mais natural ou a céu aberto.

Anexo ao teatro principal há um prédio com 2600 metros quadrados. Aqui está também alocado o Centro de Artes Cênicas, o CENA, e o Teatro Morro do Ouro.Além de todos esses espaços, o Theatro José de Alencar ainda guarda a Biblioteca Carlos Câmara e a Galeria Ramos Cotôco, dois espaços maravilhosos para os você conhecer inúmeras obras de artistas cearenses.  

Theatro José de Alencar.
Theatro José de Alencar. Foto: Ministério do Turismo

Durante sua viagem não deixei de conferir os muitos espetáculos apresentados aqui semanalmente. A programação completa está disponível na página oficial do Teatro no Facebook.

8. Bairro Varjota – O polo Gastronômico de Fortaleza

Experiências gastronômicas são um dos principais atrativos das cidades pelos quais viajamos. A descoberta dos sabores, alguns até bem excêntricos, despertam nosso paladar ao mesmo tempo em que nos proporcionam uma vivência pelas tradições da culinária local.

O bairro Varjota é conhecido por ser um polo gastronômico de Fortaleza e conta com dezenas de bares e restaurantes onde você poderá degustar desde a tradicional comida de boteco a culinárias como a portuguesa, japonesa e claro, a gastronomia local, rica em frutos do mar como o camarão, a lagosta, o peixe frito e o caranguejo, estrela nas tradicionais noite de quinta feira da cidade.  

Camarão - Iguaria da culinária cearense
Camarão – Iguaria da culinária cearense. Foto: Ministério do Turismo

Em sua ida ao bairro, não deixe de visitar também o Museu da Fotografia, inaugurado em 2007 com as exposições permanentes “Imaginários de cidades”, “Fotografia Moderna e Contemporânea” e exposições temporárias.

Além de ser super agitado, a Varjota fica bem próximo aos bairros mais turísticos, facilitando o acesso para você que vem de fora.

9. Museu do Ceará

Fortaleza por si só já é um museu a céu aberto. A arquitetura de diversos casarões e prédios históricos, muitos deles localizados no centro da cidade, formam um belíssimo conjunto que encanta aqueles de olhar mais atento.

Um desses casarões, o Palacete Senador Alencar, é a casa do Museu do Ceará, o primeiro museu oficial do estado, inaugurado em janeiro de 1933 e que hoje é um dos principais pontos de visitação na cidade.

O Museu possui um rico acervo, resultado de compras, de doações particulares e de instituições públicas. Entre medalhas, moedas históricas, há quadros, móveis, peças arqueológicas, artefatos indígenas, bandeiras e armas.

São em média 12 mil peças exclusivas que nos levam a uma verdadeira viagem pelo tempo espaço na história do Ceará.

Há também peças de “arte popular” e uma coleção de cordéis publicados entre 1940 e 2000. Alguns objetos se referem aos chamados “fatos históricos”, como a escravidão, o movimento abolicionista e movimentos literários, como a famosa “Padaria Espiritual”, que entrou para a História da Literatura Brasileira com especial destaque.

Todos os espaços do museu estão abertos a visitação, seja os espaços com exposições permanentes ou temporárias. Há também uma biblioteca onde você poderá livros de grandes nomes da literatura cearense.

O Museu está localizado na Rua São Paulo, número 51 – Centro; e funciona de terça a sábado das 9h às 17h.

10. Mercado dos Peixes

Mercado dos Peixes - Fortaleza - CE.
Mercado dos Peixes – Fortaleza – CE. Foto: Blog Praias de Fortaleza

Servidos e preparados com acompanhamentos e ingredientes especiais, os frutos do mar são um dos carros chefes da maravilhosa culinária cearense.

Do peixe frito, passando pelo camarão, o caranguejo, a lagosta e o polvo, não faltam deliciosas opções para você degustar.

Um dos principais locais para você aproveitar essa riqueza de sabores é justamente no Mercado dos Peixes, local de compra tradicional para os fortalezences que também não dispensam uma boa comida.

As barcas chegam todos os dias, de manhã bem cedinho, carregadas com os mais diversos frutos do mar, sendo o horário ideal para você ir às compras e garantir o prato principal daquele jantar ou almoço especial. Isso, claro, se você optou por alugar um apartamento durante sua estadia ou está na casa de amigos ou parentes.

Se não for esse o seu caso, não se preocupe, à noite a comida fica por conta de quiosques instalados no local, com a experiência de olhar a peça, falar a pesagem e os próprios pescadores prepararem o prato para você.




Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)